GALPÃO EM BONSUCESSO

ModalidadePresencial
Local do leilãoAv. Erasmo Braga, 115, Hall dos Elevadores - Centro (Átrio do Fórum da Comarca da Capital)
1ª Praça
AberturaFechamentoLance Inicial
08/06/201826/07/2018R$ 3.000.000,00

DO BEM OBJETO DE LEILÃO (conforme laudo de avaliação indireta): IMÓVEL:Prédio na Avenida Itaoca, nº 1117 construído em terreno que mede na totalidade de frente: R$ 16,50m; nos fundos: em 3 segmentos de 15,00m + 13,00m + 30,00m – 24,00m à direita + 30,00m alargando o terreno + 22,00m para a Rua Miraluz – 27,50m à esquerda, devidamente registrado no Serviço Registral do 6º Ofício de Imóveis desta Cidade, Lº2 AA, as fls. 225, Matrícula nº 8916.LOCALIZAÇÃO:O Imóvel encontra-se localizado no Bairro de Bonsucesso, Município do Rio de Janeiro, em logradouro que é composto praticamente por casas comerciais e empresas, além de imóveis residenciais, em área de localização considerada de baixo valor comercial em razão de estar muito próximo de comunidades e possuindo muitos imóveis fechados ao longo da via. Dados constantes do espelho do IPTU anexo ao mandado.  Inscrição Municipal: 0.652.259-3. Área Edificada: 280,00m². Idade: 61 anos (1957). Preço do m² em média: R$ 1.964,00. Fonte: ZAP Imóveis. Assim considerando-se a sua localização, área do terreno, idade e estado geral de conservação aparente do imóvel,AVALIO INDIRETAMENTE o bem acima descrito, com a sua correspondente fração ideal que lhe couber o terreno, em R$ 550.000,00 (quinhentos e cinquenta mil reais), correspondentes a 166975,31 UFIRs.

GALPÃO EM BONSUCESSO

  • GALPÃO EM BONSUCESSO
StatusABERTO
Maior Lance
Usuário
Avaliação3.000.000,00
Lance mínimo3.000.000,00
Incremento1.000,00
Área de lances

DO BEM OBJETO DE LEILÃO (conforme laudo de avaliação indireta): IMÓVEL:Prédio na Avenida Itaoca, nº 1117 construído em terreno que mede na totalidade de frente: R$ 16,50m; nos fundos: em 3 segmentos de 15,00m + 13,00m + 30,00m – 24,00m à direita + 30,00m alargando o terreno + 22,00m para a Rua Miraluz – 27,50m à esquerda, devidamente registrado no Serviço Registral do 6º Ofício de Imóveis desta Cidade, Lº2 AA, as fls. 225, Matrícula nº 8916.LOCALIZAÇÃO:O Imóvel encontra-se localizado no Bairro de Bonsucesso, Município do Rio de Janeiro, em logradouro que é composto praticamente por casas comerciais e empresas, além de imóveis residenciais, em área de localização considerada de baixo valor comercial em razão de estar muito próximo de comunidades e possuindo muitos imóveis fechados ao longo da via. Dados constantes do espelho do IPTU anexo ao mandado.  Inscrição Municipal: 0.652.259-3. Área Edificada: 280,00m². Idade: 61 anos (1957). Preço do m² em média: R$ 1.964,00. Fonte: ZAP Imóveis. Assim considerando-se a sua localização, área do terreno, idade e estado geral de conservação aparente do imóvel,AVALIO INDIRETAMENTE o bem acima descrito, com a sua correspondente fração ideal que lhe couber o terreno, em R$ 550.000,00 (quinhentos e cinquenta mil reais), correspondentes a 166975,31 UFIRs.

Cientes os interessados que constam débitos de FUNESBOM no valor de R$ 709,66 (setecentos e nove reais e sessenta e seis centavos).

DAS ANOTAÇÕES NA MATRÍCULA DO IMÓVEL (nº 8916 do 6º RGI): Imóvel em nome de INDÚSTRIA BRASILEIRA DE ALIMENTÍCIOS CONGELADOS S.A.; R-7 – PENHORA:Proc. 2001.001.096410-2 da 7ª Vara Cível da Comarca da Capital, proposto por JURANDY ALVES LIMA em face de IBRAC INDÚSTRIA BRASILEIRA DE ALIMENTOS CONGELADOS LTDA.;/R-17 – PENHORA:Proc. 2010.51.01.506040-0, da 9ª Vara Federal de Execução Fiscal, proposto por INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTEE DOS RECURSOS RENOVÁVEIS - IBAMA em face de IBRAC INDÚSTRIA BRASILEIRA ALIMENTOS CONGELADOS LTDA.;

INFORMAÇÕES ADICIONAIS DO PROCESSO:Consta citação da execução da Ré às fls. 194 verso.

DAS ADVERTÊNCIAS:1 - Ficam intimadas as partes através deste Edital, caso não o sejam pelo Senhor Oficial de Justiça (art. 889 do CPC). 2 - O credor pignoratício, hipotecário, anticrético, fiduciário ou com penhora anteriormente averbada, os usufrutuários, o coproprietário de bem indivisível, que não foram intimados pessoalmente, ficam neste ato intimados da realização dos respectivos leilões (art. 889 do CPC). 3 – As alienações são feitas em caráter “AD-CORPUS”, sendo que as áreas mencionadas nos Editais, catálogos e outros veículos de comunicação, são meramente enunciativas. 4 - Assinado o auto de arrematação pelo juiz, pelo arrematante e pelo leiloeiro, a arrematação considerar-se-á perfeita, acabada e irretratável, ainda que venham a ser julgados procedentes os embargos do executado. (art. 903 do CPC). 5 - Se o arrematante não honrar com o pagamento referido no prazo mencionado, configurar-se-á a desistência da arrematação, ficando impedido de participar de novos leilões judiciais (art. 897 do CPC), aplicando-se lhe multa, o qual se reverterá em favor do credor, e responder pelas despesas processuais respectivas, bem como pela comissão do leiloeiro. 7 - Violência ou fraude em arrematação judicial - Art. 358 do Código Penal. Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena – detenção, de dois meses a um ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

DO PAGAMENTO DA ARREMATAÇÃO: 1. À Vista: A arrematação far-se-á mediante o pagamento imediato do preço pelo arrematante ou, no prazo de até 15 (quinze) dias, mediante caução de 25% (vinte e cinco por cento) por meio de guia judicial (art. 892 do CPC).2. Parcelado: Ao optar pelo pagamento parcelado, o arrematante, deverá apresentar proposta de aquisição do bem, por escrito na forma do Art. 895 do NCPC e seguintes,sempre antes do início de cada leilão ao Leiloeiro, e, deverá efetuar o pagamento mediante guia judicial, sendo o valor das parcelas devidamente atualizado, mensalmente, desde a data da arrematação, apresentando as guias de depósito judicial pagas nos autos, conforme proposta apresentada.3.O lance à vista sempre prevalecerá sobre as propostas de pagamento parcelado (art. 895, inciso II, § 7º, do CPC).4.O arrematante deverá pagar ao Leiloeiro, a título de comissão, o valor correspondente a 5% de comissão ao Leiloeiro no ato do leilão, que será devido nos caso de arrematação e/ou adjudicação.4.1.Outrossim, no caso de quaisquer das partes praticarem atos, conjunta ou separadamente, que possam ensejar a suspensão ou extinção da execução, pagarão, na medida de suas responsabilidades, a comissão do leiloeiro na ordem de 5% (cinco por cento) do valor da avaliação, na forma do Art. 7º, § 3º da Resolução do CNJ nº 236 de 13 de julho de 2016, bem com reembolso integral das despesas adiantadas para sua realização do leilão. 5.O Exequente poderá arrematar os bens objeto de leilão, nos termos do Art. 892 §1º do CPC.

 

E para que chegue ao conhecimento de todos os interessados, foi expedido o presente, para cautelas de estilo. Ficando o(s) Executado(s)/Condôminos(s) intimado(s) da hasta pública se não for(em) encontrado(s) por intermédio deste Edital na forma do art. 889, 892 do NCPC. O edital se encontra disponibilizado na rede mundial de computadores (site do Leiloeiro:www.alexandroleiloeiro.com.br). Rio de Janeiro, 04 de junho de 2018. Eu _________________________ T.J.J. datilografei e Eu _________________________ , titular subscrevo. (ass)DEBORA MARIA BARBOSA SARMENTO– Juiz(a) de Direito.                               

Últimos lances superados
LoginValorDataTipo
Este lote ainda não teve lances superados
Relação de lances por usuário
LoginIPTotal de lancesMaior lance
Este lote ainda não recebeu lances