SALA NO CENTRO DO RJ

ModalidadePresencial
Local do leilãoAv. Erasmo Braga, 115, Hall dos Elevadores, Centro
1º Leilão
AberturaFechamentoLance Inicial
01/08/201811/09/2018R$ 92.643,83

DO BEM OBJETO DE LEILÃO (conforme laudo de avaliação fls. 1119/1120):DO IMÓVEL: Rua Álvaro Alvim, mº 33/37, sala 1625 - Centro – Devidamente dimensionado e caracterizado no 7º Ofício de Registro de Imóveis, na matrícula nº 6002 e a Inscrição Municipal de nº 0.909.370-9, conforme fotocópias da Certidão que acompanharam o mandado e fazem partes integrantes deste laudo. PRÉDIO: Edifício construído em concreto armado e alvenaria de tijolos e com 50 anos de idade. Iniciada recentemente reformas na parte da frente. Na entrada do prédio, portas em vidros, rol amplo com seu piso em granito claro. Instalados quatro elevadores sociais novos da marca Otis, e um elevador de carga. Edifício com dezessete andares e vinte e sete salas mistas, seus corredores em piso frio na cor vermelha. Circuito interno de câmeras em todos os andares e elevadores. Taco de madeira clara no seu último andar. SALA 1625: com dezessete metros quadrados, piso de taco revestido com carpete, mini copa com azulejos brancos nas paredes, banheiro em azulejos brancos nas paredes, box em alumínio e acrílico, paredes com pinturas plásticas claras, sala em péssimo estado de conservação e uso, necessitando de reformas. REGIÃO: Encontra-se localizada em área nobre da cidade, Teatro Municipal, Câmara de Vereadores, Biblioteca Nacional, Justiça Federal, próxima à zona sul, com iluminação pública, metrô, VLT e várias linhas de ônibus.  DA AVALIAÇÃO: avalio o imóvel acima descrito em R$ 90.000,00 (noventa mil reais)”. Valor correspondente a 28.125,87 UFIR´s, que atualizado nesta data, perfaz o valor de R$ 92.643,83 (Noventa e dois mil e seiscentos e quarenta e três reais e oitenta e três centavos). 

SALA NO CENTRO DO RIO DE JANEIRO

  • SALA NO CENTRO DO RIO DE JANEIRO
StatusABERTO
Maior Lance
Usuário
Avaliação92.643,83
Lance mínimo92.643,83
Incremento1.000,00
Área de lances

DO BEM OBJETO DE LEILÃO (conforme laudo de avaliação fls. 1119/1120):DO IMÓVEL: Rua Álvaro Alvim, mº 33/37, sala 1625 - Centro – Devidamente dimensionado e caracterizado no 7º Ofício de Registro de Imóveis, na matrícula nº 6002 e a Inscrição Municipal de nº 0.909.370-9, conforme fotocópias da Certidão que acompanharam o mandado e fazem partes integrantes deste laudo. PRÉDIO: Edifício construído em concreto armado e alvenaria de tijolos e com 50 anos de idade. Iniciada recentemente reformas na parte da frente. Na entrada do prédio, portas em vidros, rol amplo com seu piso em granito claro. Instalados quatro elevadores sociais novos da marca Otis, e um elevador de carga. Edifício com dezessete andares e vinte e sete salas mistas, seus corredores em piso frio na cor vermelha. Circuito interno de câmeras em todos os andares e elevadores. Taco de madeira clara no seu último andar. SALA 1625: com dezessete metros quadrados, piso de taco revestido com carpete, mini copa com azulejos brancos nas paredes, banheiro em azulejos brancos nas paredes, box em alumínio e acrílico, paredes com pinturas plásticas claras, sala em péssimo estado de conservação e uso, necessitando de reformas. REGIÃO: Encontra-se localizada em área nobre da cidade, Teatro Municipal, Câmara de Vereadores, Biblioteca Nacional, Justiça Federal, próxima à zona sul, com iluminação pública, metrô, VLT e várias linhas de ônibus.  DA AVALIAÇÃO: avalio o imóvel acima descrito em R$ 90.000,00 (noventa mil reais)”. Valor correspondente a 28.125,87 UFIR´s, que atualizado nesta data, perfaz o valor de R$ 92.643,83 (Noventa e dois mil e seiscentos e quarenta e três reais e oitenta e três centavos). 

Cientes os interessados que constam débitos de condomínio no valor de R$ 227.644,73, de IPTU no valor de R$ 58.422,02, e de FUNESBOM no valor de R$ 414,37.

DAS ANOTAÇÕES NA MATRÍCULA DO IMÓVEL (nº 6002-2-G do 7º RGI): Imóvel em nome deNEDDA VICTORIA BRENTAReLUIZ PAULO DOS SANTOS;R-4 – PENHORA:Proc. 2831/98 da 10ª Vara de Fazenda Pública, proposto por MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO, para garantia da dívida de R$ 1.004,29;R-5 – PENHORA:Proc. 6927/99 da 10ª Vara de Fazenda Pública, proposto por MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO, para garantia da dívida de R$ 1.080,52;R-6 – PENHORA:Proc. 0461/94 da 10ª Vara de Fazenda Pública, proposto por MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO, para garantia da dívida de R$ 1.644,60;R-7 – PENHORA:Proc. 0029478-08.1987.8.19.0001 da 23ª Vara Cível da Comarca da Capital, proposto por CONDOMINIO DO EDIFICIO REX em face de LUIZ PAULO DOS SANTOS e NEDDA VICTORIA BRENTAR.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS DO PROCESSO:Ciente os interessados do seguinte: Que o RéuLUIZ PAULO DOS SANTOSfoi citadoPessoalmenteda Açãoàs Fls. 61 (89) em 08/03/1993; Foi Citado da ExecuçãoàsFls. 508, conforme certidão de fls. 539, e conforme certidão do Cartório às fls. 614, os réus não se manifestaram acerca da citação em execução; Que a Ré NEDDA VICTÓRIA BRENTAR foi citada da Ação através de Edital de citação com prazo de 20 dias, conforme fls. 116/119 e 201/203, e que o Autor assinou o Termo de Afirmação de Ausência realizado às fls. 572 em 21/03/2003; que foi citada da Execução: Fls. 580/582 por Edital de 20 dias, em 16, 23 e 25/04/2003, e conforme certidão do Cartório às fls. 614, os réus não se manifestaram a cerca da citação em execução. Cientes os interessados que os réus foram intimados da Penhora através de Edital de 20 dias, conforme fls. 780/782 em 03, 04 e 08/09/2009.

DAS ADVERTÊNCIAS:1 - Ficam intimadas as partes através deste Edital, caso não o sejam pelo Senhor Oficial de Justiça (art. 889 do CPC). 2 - O credor pignoratício, hipotecário, anticrético, fiduciário ou com penhora anteriormente averbada, os usufrutuários, o coproprietário de bem indivisível, que não foram intimados pessoalmente, ficam neste ato intimados da realização dos respectivos leilões (art. 889 do CPC). 3 – As alienações são feitas em caráter “AD-CORPUS”, sendo que as áreas mencionadas nos Editais, catálogos e outros veículos de comunicação, são meramente enunciativas. Os imóveis serão vendidos no estado em que se encontram, não podendo o arrematante alegar desconhecimento de suas condições, características, compartimentos internos, estado de conservação e localização. 4 - Compete ao interessado na arrematação, a verificação do estado de conservação dos bens, bem como, em se tratando de bens imóveis de eventuais restrições para construção, averbadas ou não na matrícula ou para construções futuras. 5 - Assinado o auto de arrematação pelo juiz, pelo arrematante e pelo leiloeiro, a arrematação considerar-se-á perfeita, acabada e irretratável, ainda que venham a ser julgados procedentes os embargos do executado. (art. 903 do CPC). 6 - Se o arrematante não honrar com o pagamento referido no prazo mencionado, configurar-se-á a desistência da arrematação, ficando impedido de participar de novos leilões judiciais (art. 897 do CPC), aplicando-se lhe multa, o qual se reverterá em favor do credor, e responder pelas despesas processuais respectivas, bem como pela comissão do leiloeiro. 7 - Violência ou fraude em arrematação judicial - Art. 358 do Código Penal. Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena – detenção, de dois meses a um ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

DO PAGAMENTO DA ARREMATAÇÃO: 1. À Vista: A arrematação far-se-á mediante o pagamento imediato do preço pelo arrematante ou, no prazo de até 15 (quinze) dias, mediante caução de 25% (vinte e cinco por cento) por meio de guia judicial (art. 892 do CPC).2. Parcelado: Ao optar pelo pagamento parcelado, o arrematante, deverá apresentar proposta de aquisição do bem, por escrito na forma do Art. 895 do NCPC e seguintes,sempre antes do início de cada leilão ao Leiloeiro, e, deverá efetuar o pagamento mediante guia judicial, sendo o valor das parcelas devidamente atualizado, mensalmente, desde a data da arrematação, apresentando as guias de depósito judicial pagas nos autos, conforme proposta apresentada.3.O lance à vista sempre prevalecerá sobre as propostas de pagamento parcelado (art. 895, inciso II, § 7º, do CPC).4.O arrematante deverá pagar ao Leiloeiro, a título de comissão, o valor correspondente a 5% de comissão ao Leiloeiro no ato do leilão, que será devido nos caso de arrematação e/ou adjudicação.4.1.Outrossim, no caso de quaisquer das partes praticarem atos, conjunta ou separadamente, que possam ensejar a suspensão ou extinção da execução, pagarão, na medida de suas responsabilidades, a comissão do leiloeiro na ordem de 5% (cinco por cento) do valor da avaliação, na forma do Art. 7º, § 3º da Resolução do CNJ nº 236 de 13 de julho de 2016, bem com reembolso integral das despesas adiantadas para sua realização do leilão.5.Cientes os interessados que o imóvel será vendido livre e desembaraçado de débitos, na forma do Art. 130, § Único, do CTN c/c §1º do art. 908 do NCPC.6.O Exequente poderá arrematar os bens objeto de leilão, nos termos do Art. 892 §1º do CPC.

 

E para que chegue ao conhecimento de todos os interessados, foi expedido o presente, para cautelas de estilo. Ficando o(s) Executado(s)/Condôminos(s) intimado(s) da hasta pública se não for(em) encontrado(s) por intermédio deste Edital na forma do art. 889, 892 do NCPC. O edital se encontra disponibilizado na rede mundial de computadores (site do Leiloeiro:www.alexandroleiloeiro.com.br). Rio de Janeiro, 03 de maio de 2018. Eu _________________________ T.J.J. datilografei e Eu _________________________ , titular subscrevo. (ass)ANDREA DE ALMEIDA QUINTELA DA SILVA  – Juiz(a) de Direito.                                   

 

 

 

 

 

Últimos lances superados
LoginValorDataTipo
Este lote ainda não teve lances superados
Relação de lances por usuário
LoginIPTotal de lancesMaior lance
Este lote ainda não recebeu lances