IMÓVEIS NA TIJUCA E CAMPO GRANDE

ModalidadePresencial
Local do leilãoÁtrio Da Comarca RegionalDe Campo Grande, situado na Rua Carlos da Silva Costa, 141, Campo Grande – Rio de Janeiro/RJ
1º Leilão
AberturaFechamentoLance Inicial
10/09/201919/09/2019Vide rel. de lotes

DO BEM A SER LEILOADO:LOTE 01: Conforme o Laudo de Avaliação de fls. 222/223e:Apartamento 401, na Rua Garibaldi, 148, com duas vagas de estacionamento – Tijuca – Rio de Janeiro/RJ. Registrado no 11º RGI sob o nº 76011 e na Prefeitura sob o nº 1.832.167-9. JUSTIFICATIVA:Trata-se do apartamento número 401 do Edifício da Rua Garibaldi, nº 148, situado no bairro da Tijuca, município do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro. DESCRIÇÃO DO IMÓVEL: Idade: 1988, ÁREA Edificada: 134m², Tipologia: Apartamento, Utilização: Residencial, Posição: Frente. CARACTERISTICAS: Prédio: Condomínio denominado Arte V, com 5 pavimentos de ocupação residencial, contando com quatro apartamentos por andar. Construção em alvenaria, fachada com mármore em bom estado geral de conservação. O prédio possui dois elevadores da marca Otis, sendo um social e um de serviço. Garagem coberta. Portaria decorada. Possui porteira 24 horas. Tem câmeras de vigilância na portaria, nos elevadores e na garagem. Possui amplo playground, que tem vista de frente para a rua, com sauna, quadra de esportes, dois banheiros e cozinha. APARTAMENTO 401: Salão com piso em tábua corrida, varanda com vista de frente para a rua Garibaldi, três quartos. Primeiro quarto com piso em tábua corrida, armário embutido duplex de 5 portas; Segundo quarto com piso em tábua corrida, armário embutido duplex de 5 portas; esse quarto é uma suíte, o banheiro tem pia com armário e o box é pequeno e com banheira. Terceiro quarto com piso em tábua corrida, armário embutido duplex de 4 portas, acesso à varanda. Pintura do apartamento em bom estado de conservação; o piso de tábua corrida no salão e nos quartos precisa de sinteco; as janelas todas com esquadrias de alumínio. Cozinha com piso frio, azulejo até o teto, armários de madeira em estado regular de conservação. Banheiro social compiso frio, azulejo até o teto, pia com armário, box pequeno e com banheira. Área de serviço com piso frio, azulejo até o teto, aquecedor. Quarto de empregada com piso frio, armário embutido duplex de 5 portas e um banheiro. O apartamento está desocupado, mas a vistoria foi possível, em 26/06/2018, porque o porteiro Antônio Cabral da Costa tinha a chave e abriu o imóvel com autorização da proprietária. REGIÃO: Encontra-se servida de distribuição de energia elétrica, rede telefônica, iluminação pública, asfalto, calçamento, rede de água e esgotos, comércios em geral nas proximidades, serviço de transporte público próximo. CONCLUSÃO: Assim, levando-se em conta a sua localização, dimensões, área construída, características, idade, conforme a descrição assim. ATRIBUO ao bem acima o valor deR$ 1.000.000,00 (Hum milhão de reais).

 

LOTE 02:Conforme o Laudo de Avaliação de fls. 227e:Prédio residencial, na Rua Pouso Alegre, 275 – Campo Grande – Rio de Janeiro/RJ. Registrado no 4º RGI sob o nº 35709 e na Prefeitura sob o nº 0.674.538-4. JUSTIFICATIVA:Ao dia 27 de julho do ano de 2018, às 14:35, em cumprimento ao Mandado anexo, AVALIEI o bem conforme se segue: Trata-se de imóvel de apenas um pavimento, com telhado colonial de telhas de barro, cercado por muros com grades em cima, com portas e janelas gradeadas e quintal com piso de cacos vermelhos em volta de toda a casa, que se encontrava fechado, não havendo ninguém no local para me franquear acesso ao interior do imóvel. Desta forma AVALIO de forma indireta emR$ 800.000,00 (Oitocentos mil reais).

 

LOTE 03:Conforme o Laudo de Avaliação de fls. 248e:Fração de 1/3 do imóvel na Rua Donegal, lote 11, quadra B – Campo Grande – Rio de Janeiro/RJ. Registrado no 4º RGI sob o nº 103753 e na Prefeitura sob o nº 0.067.460-5. JUSTIFICATIVA:Ao primeiro dia do mês de março de dois mil e dezenove, em cumprimento ao mandado, dirigi-me à Rua Donegal, lote 11, quadra B, matrícula 103.753, onde encontrei um imóvel tipo terreno, murado, localizado em área residencial, porém bem próxima a uma área comercial, sendo a única construção verificada no local um telhado que cobria parte do terreno, imóvel este queAVALIEI em R$ 220.000,00 (Duzentos e vinte mil reais).

 

DOS DÉBITOS NA MATRÍCULA DO IMÓVEL: LOTE 01 e 02:Não constam débitos de IPTU e Funesbom.LOTE 03:Constam débitos de IPTU no valor de R$4.192,03  e de Funesbom no valor R$1.912,12. Informações atualizadas sobre débitos de condomínio, IPTU, etc. e apresentação das certidões e RGI, no ato do leilão.

 

DAS ANOTAÇÕES NA MATRÍCULA DO IMÓVEL:LOTE 01: Matriculado no 11º RGI sob nº 76.011 e registrado em nome dos Condôminos conforme Partilha; LOTE 02: Matriculado no 4º RGI sob o nº 35.709 e registrado em nome dos Condôminos conforme Partilha e o LOTE 03: Matriculado no 4º RGI sob o nº 103.753 e registrado em nome de Antônio Marcelo Camara e S/M Maria Emilia Guedes Camara (1/3), Geraldo Virginio e S/M Thereza dos Reis Virginio (1/3) e em nome dos Condôminos e Réus conforme Partilha (1/3).Conforme juntada Certidões de ônus Reais dos imóveis, não constam gravames nos respectivos imóveis, até a data da expedição das referidas certidões.

DAS INFORMAÇÕES ADICIONAIS DO PROCESSO:Cientes os interessados que os Condôminos foram citados da Ação conforme fls. 65e/38e; Que a sentença foi publicada às fls. 108e.

TERRENO EM CAMPO GRANDE (FRAÇÃO DE 1/3)

  • TERRENO EM CAMPO GRANDE (FRAÇÃO DE 1/3)
StatusAGUARDE
Maior Lance
Usuário
Avaliação220.000,00
Lance mínimo220.000,00
Incremento10.000,00
Área de lances

LOTE 03:Conforme o Laudo de Avaliação de fls. 248e:Fração de 1/3 do imóvel na Rua Donegal, lote 11, quadra B – Campo Grande – Rio de Janeiro/RJ. Registrado no 4º RGI sob o nº 103753 e na Prefeitura sob o nº 0.067.460-5. JUSTIFICATIVA:Ao primeiro dia do mês de março de dois mil e dezenove, em cumprimento ao mandado, dirigi-me à Rua Donegal, lote 11, quadra B, matrícula 103.753, onde encontrei um imóvel tipo terreno, murado, localizado em área residencial, porém bem próxima a uma área comercial, sendo a única construção verificada no local um telhado que cobria parte do terreno, imóvel este queAVALIEI em R$ 220.000,00 (Duzentos e vinte mil reais).

DOS DÉBITOS NA MATRÍCULA DO IMÓVEL: LOTE 01 e 02:Não constam débitos de IPTU e Funesbom.LOTE 03:Constam débitos de IPTU no valor de R$4.192,03  e de Funesbom no valor R$1.912,12. Informações atualizadas sobre débitos de condomínio, IPTU, etc. e apresentação das certidões e RGI, no ato do leilão.

 

DAS ANOTAÇÕES NA MATRÍCULA DO IMÓVEL:LOTE 01: Matriculado no 11º RGI sob nº 76.011 e registrado em nome dos Condôminos conforme Partilha; LOTE 02: Matriculado no 4º RGI sob o nº 35.709 e registrado em nome dos Condôminos conforme Partilha e o LOTE 03: Matriculado no 4º RGI sob o nº 103.753 e registrado em nome de Antônio Marcelo Camara e S/M Maria Emilia Guedes Camara (1/3), Geraldo Virginio e S/M Thereza dos Reis Virginio (1/3) e em nome dos Condôminos e Réus conforme Partilha (1/3).Conforme juntada Certidões de ônus Reais dos imóveis, não constam gravames nos respectivos imóveis, até a data da expedição das referidas certidões.

DAS INFORMAÇÕES ADICIONAIS DO PROCESSO:Cientes os interessados que os Condôminos foram citados da Ação conforme fls. 65e/38e; Que a sentença foi publicada às fls. 108e.

DAS ADVERTÊNCIAS:1 - Ficam intimadas as partes através deste Edital, caso não o sejam pelo Senhor Oficial de Justiça (art. 889 do CPC). 2 - O credor pignoratício, hipotecário, anticrético, fiduciário ou com penhora anteriormente averbada, os usufrutuários, o coproprietário de bem indivisível, que não foram intimados pessoalmente, ficam neste ato intimados da realização dos respectivos leilões (art. 889 do CPC). 3 – As alienações são feitas em caráter “AD-CORPUS”, sendo que as áreas mencionadas nos Editais, catálogos e outros veículos de comunicação, são meramente enunciativas. Os imóveis serão vendidos no estado em que se encontram, não podendo o arrematante alegar desconhecimento de suas condições, características, compartimentos internos, estado de conservação e localização. 4 - Compete ao interessado na arrematação, a verificação do estado de conservação dos bens, bem como, em se tratando de bens imóveis de eventuais restrições para construção, averbadas ou não na matrícula ou para construções futuras. 5 - Assinado o auto de arrematação pelo juiz, pelo arrematante e pelo leiloeiro, a arrematação considerar-se-á perfeita, acabada e irretratável, ainda que venham a ser julgados procedentes os embargos do executado. (art. 903 do CPC). 6 - Se o arrematante não honrar com o pagamento referido no prazo mencionado, configurar-se-á a desistência da arrematação, ficando impedido de participar de novos leilões judiciais (art. 897 do CPC), aplicando-se lhe multa, o qual se reverterá em favor do credor, e responder pelas despesas processuais respectivas, bem como pela comissão do leiloeiro. 7 - Violência ou fraude em arrematação judicial - Art. 358 do Código Penal. Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena – detenção, de dois meses a um ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

 

DO PAGAMENTO DA ARREMATAÇÃO:1.À Vista: A arrematação far-se-á mediante o pagamento imediato do preço pelo arrematante ou, no prazo de até 15 (quinze) dias, mediante caução de 25% (vinte e cinco por cento) por meio de guia judicial (art. 892 do CPC);2.Parcelado: Ao optar pelo pagamento parcelado, o arrematante, deverá apresentar proposta de aquisição do bem, por escrito na forma do Art. 895 do NCPC e seguintes,sempre antes do início de cada leilão ao Leiloeiro, e, deverá efetuar o pagamento mediante guia judicial, sendo o valor das parcelas devidamente atualizado, mensalmente, desde a data da arrematação, apresentando as guias de depósito judicial pagas nos autos, conforme proposta apresentada.3.O lance à vista sempre prevalecerá sobre as propostas de pagamento parcelado (art. 895, inciso II, § 7º, do CPC).4.O arrematante deverá pagar ao Leiloeiro, a título de comissão, o valor correspondente a 3% de comissão ao Leiloeiro no ato do leilão, que será devido nos caso de arrematação à vista ou parcelada e/ou adjudicação, o qual não está incluso no montante do lance.5.Cientes os interessados que o imóvel será vendido livre e desembaraçado de débitos, na forma do Art. 130, § Único, do CTN c/c §1º do art. 908 do NCPC.6.O Exequente poderá arrematar os bens objeto de leilão, nos termos do Art. 892 §1º do CPC.7.Em relação à preferência na arrematação, observar-se-á o artigo 892, §§ 2º,  3º, do CPCe especialmente ao(s) condôminos, a quem serão resguardados o direito de preferência contido no artigo 1.322, do CC.

 

Informações podem ser obtidas nos seguintes locais: Site:www.alexandroleiloeiro.com.br. Telefone: (21) 3559-2092 – (21) 97500-8904. E-mail:[email protected].

 

E para que chegue ao conhecimento de todos os interessados, foi expedido o presente, para cautelas de estilo,ficando o(s) Executado(s)/Condôminos(s) intimado(s) da hasta pública se não for(em) encontrado(s) por intermédio deste Edital na forma do art. 889, 892 do NCPC, sendo uma das vias afixadas no local de costume do Fórum. CUMPRA-SE. Dado e passado, nesta Cidade em Rio de Janeiro, em 26 de julho de 2019. Eu, digitei ______________________, e Eu, Chefe da Serventia, subscrevo______________________. (ass.)ERICA BATISTA DE CASTRO– Juiz de Direito.

 

 

Últimos lances superados
LoginValorDataTipo
Este lote ainda não teve lances superados
Relação de lances por usuário
LoginIPTotal de lancesMaior lance
Este lote ainda não recebeu lances